da gravidez a maternidade..

terça-feira, 25 de maio de 2010

Bebês Virtuais

Quando estava grávida passava horas e horas em comunidades do orkut, trocando informações com outras mães, muitas com a data prevista de parto perto da minha.

Içara foi a última a nascer da tchurma, de 42 semanas.

Hoje visitei o álbum de boa parte delas e é tão bom ver essas crianças crescendo!

É bom demais ver criança crescer, desenvolver, saudáveis e amadas.

Dá vontade de reunir todas para dar risada da nossa ansiedade, das brigas com os maridos (em alguns casos, ex-maridos), das vontades, desejos e tudo que era coisa fisiológica e emocional que pintava.

Bons tempos.

A gravidez é um momento muito bom para perceber o outro como seu semelhante e também um raro momento em que as mães não se medem ou se classificam como boa ou má.

Na gravidez, as mulheres são iguais. E é bom estar entre iguais quando se está grávida. Principalmente, do primeiro filho. Como foi o caso dessa turma virtual que se formou.

Um post saudoso do momento mais especial da minha vida.

Gerar é coisa única e preciosa.

sábado, 22 de maio de 2010

Dança com Sling

Fiz um sling para a Içara, há uns tempos atrás.

Aí coloquei nela. Depois, coloquei a neném dela. E tirei uma foto.

Uns 3 dias depois, ela mesma pegou o sling e pediu (sem falar) para colocar. Coloquei. Depois, ficou pela casa procurando o neném e dizendo "neném, neném". Achei no fundo da caixa e ela pedindo para colocar. Coloquei. Ela pegou a máquina e me deu. Como se dissesse: "AGORA É PARA TIRAR A FOTO".

Eu estava lavando louça, com o som alto e aí fiz esse micro-vídeo dela dançando com a bebê.

Dança com sling total!!! Lindona do nosso coração!

video

Vamos tomar banho?

A Içara nunca foi muito fã de banho. Acho que porque eu nunca consegui ensinar e nem ela conseguiu aprender a levantar a cabeça na hora de lavar, aí sempre cai água no olho, no nariz e ela fica agoniada. Se alguém tiver uma dica eu aceito.

O banho da Içara passou por diversas fases:

- banheira: nos primeiros dias de vida até uns 3 meses, dávamos banho de banheira. Mas, a logística era terrível: a banheira, aquela super-hiper-ultra mega bacana, com apoio alto e trocador não cabia no banheiro. O que significava esquentar água ou trazer água do banheiro para a cozinha minúscula do apê que a gente morava na época. Depois tinha que suspender tudo pesadão e jogar na pia e desmontar tudo para começar novamente.

- banho de balde: sucesso. prático. gostoso. relaxante. Nesta fase, ela passou por 2 baldes. Aí ela cresceu e eu não comprei nenhum balde.

- chuveiro: no colo da mamãe e tomávamos banho junto. péssimo. medo de escorregar. precisava de ajuda para tirar do banho. banheiro minúsculo. um perigo só.

- bacia: eu já tinha uma bacia, dessas baratinhas e desinfetei e ela gostou. Eu também. Prática. Ela fica brincando, enquanto eu tomo meu banho. Na época da bacia, tentei colocar ela num novo balde, chiquérrimo, rosa pink, todo cheio de tecnologia siliconada. Paguei 50 reais no tal balde tubtrugs. Ela odiou e ficamos com a bacia mesmo e o balde pink ficou no quarto e virou morada de alguns personagens do cocoricó. Mas, a bacia rachou.

- balde tubtrugs: aí, como estava friozinho esses tempos, resolvi (já que não tinha bacia, nem outro balde) experimentar o balde-pink-siliconado. Coloquei água bem morninha e bastante brinquedos no box. E ela amou!!!



Agora ela sai correndo para o banheiro quando dizemos: "vamos tomar banho?"

Tanto gostou que esses dias me aprontou uma!
Eu, como sempre, atrapalhada com os horários para resolver assuntos do Kika de Pano e tinha um sling para entregar em Santos e não podia me atrasar. Organizei a vida: dei banho, vesti, dei almoço, escovei os dentes, tentei colocar pra dormir, não quis. Fui esquentar o prato para almoçar. De repente... silêncio na casa. "Seligol" ativou: silêncio demais, alguma a bichinha tá aprontando.
E não é que ela estava de meias, fralda, calcinha e vestido dentro do balde cheio de água?

Meu coração quase saiu pela boca! Não sabia se ria, se chorava, se agradecia ao anjinho da guarda por ela ter conseguido entrar direitinho, sem se afogar.
(detalhe: eu NUNCA deixo água dentro do balde/bacia, o que quer que seja. só se eu estiver de saída mesmo. Mas, quando estamos em casa, eu logo tiro a água e viro o balde de cabeça para baixo.. e justo neste dia..)

O que eu poderia fazer? O jeito foi tirar uma foto! Para guardar essa arte no nosso álbum!

segunda-feira, 10 de maio de 2010

De volta...

Fui no Google Analytics e para minha (feliz) surpresa, este blog tem mesmo assim, paradinho do jeito que está 20 a 30 visitas diárias!

E aí juntando a fome com a vontade de escrever, voltei a ativa.

Por isso, como quando gente casada briga: vamos esquecer o último post. O fim ainda não chegou.

Tanta coisa pra contar da minha pequena!



1 ano e 5 meses! Já tem até vocabulário! E vamos a ele:

mamãe ou "ômãe" = mamãe
pai ou papai = papai
vovô = vovô
vovó = vovó
au au = qualquer coisa com 4 patas que lembre um cachorro
aba = bola
bixi = bixiga
áua = água
neném = toda e qualquer criança até 10/12 anos e também para as duas bonecas preferidas dela
exe = esse = qualquer coisa que ela queira e que ainda não sabe dizer o nome
tau = tchau
mamo-mamo-mamo = vamos! vamos! vamos! (doida pra ir passear!)
pão = pão
pê = pêra
papa = microondas = comer (hahahaha - mamãe não cozinha!)
não = NÃO!
xixi = quando faz xixi avisa
cocô!cocô!cocô = fala igualzinho a música do Cocô do cocoricó
cocó = cocoricó

Essas são algumas das que lembro agora. É uma pequena que vamos decifrando aos poucos e com muito prazer.

ACONTECIMENTO1:
- Conversando com minha irmã via webcam "Vai lá pegar o papai!" - ela sempre pega o porta-retrato e fica pela casa "papai, papai". Desta vez, saiu correndo e bateu de frente com a porta, com braços levantados e mãos espalmadas, como num desenho animado"

ACONTECIMENTO2:
- Você gosta da mamãe? - NÃO
- Você gosta da vovó? - NÃO
- Você gosta do papai? - NÃO

Começamos a repetir as perguntas e vencida, acenava positivamente com a cabeça! hehehe

E se você é uma das 30 pessoas que passa aqui por dia. Deixa um oi!

Ah! E nosso trabalho continua na ativa! Cada vez melhor!